segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Fernando Nobre

Este País anda tão desvairado que, sinceramente , não me tem apetecido falar dele. Mas no meio de tanta tolice à solta, apetece-me falar de Fernando Nobre e do anúncio de que é candidato à Presidência da República.
Vou dar de barato que é a segunda candidatura que se perfila à esquerda, com o subsequente risco de fortalecer a direita,assunto que será alvo das minhas reflexões um outro dia. Vou centrar-me apenas no anúncio da candidatura.
Subitamente, vindo das brumas aparece-nos o homem providencial com um projecto salvador e as mãos limpas, apresentando como a sua maior virtude o facto não estar ligado a nenhum partido, justificando essa candidatura porque ".... sinto que o país atravessa um período em que constantemente se põem em causa os valores e as pessoas, as promessas e os projectos " , não explicando como será eleito sem uma forte máquina de apoio, só possível por intermédio de um partido, nem como, no caso de ser eleito o conseguirá fazer com os poderes limitados que estão actualmente atribuídos ao Presidente da República.
Fernando Nobre assume-se como um homem livre pelo facto de não estar ligado a nenhum partido . Realmente nunca tivemos notícia de Fernando Nobre ligado a um partido. Pelo contrário surgiu ligado a vários :
Foi apoiante da candidatura de Mário Soares em 2006, mandatário nacional do Bloco de Esquerda nas últimas eleições europeias, fez parte da comissão de Honra das candidaturas autárquicas de António Costa (PS) e António Capucho (PSD) . Pergunto: será uma virtude esta inconstância ? Não me parece .
Em linguagem corrente chamaríamos a uma pessoa com este perfil, um catavento, uma pessoa com vontade de estar bem com deus e com o diabo .
Infelizmente , na vida não se pode estar bem com todos , os partidos representam e defendem interesses muito diferentes e até antagónicos. Não se pode estar de acordo com um assunto e simultaneamente com o seu inverso.
Não é este o perfil da pessoa que eu gostaria e ver na presidência da República .
Tenho pena, mas tudo indica que quando a campanha eleitoral terminar e Cavaco estiver outra vez confortavelmente em Belém, eleito à primeira volta, ficarei com menos uma pessoa a respeitar .

9 comentários:

pinguim disse...

Primeiro que tudo saúdo o teu regresso à blogofera; já não era sem tempo...
Quanto a Fernando Nobre, um homem que todo o país admira pelas suas qualidades humanas, porque raio se foi ele lembrar de tentar ser o "homem providência".
Concordo com o essencial do que dizes, mas não será totalmente lícito considerar a sua candidatura como a de um homem de esquerda; vamos ver quem o apoia, qual a escolha da sua comissão e equipa para depois avaliarmos isso.
E, não sei se não será um potencial adversário real de Cavaco, tirando-lhe votos...até pode acontecer.
Por ora, o único candidato da esquerda é Manuel Alegre e sinceramente não acredito que o PS o não venha a apoiar.
Mas ainda é cedo, vamos aguardar acontecimentos que os haverá decerto.
Beijinho.

Pata Negra disse...

Feliz regresso e não te esqueças que ainda a procissão vai no adro. Para já não subestimes a existência de outros candidatos.
Um abraço em continuação

Zoninho disse...

não sei se infelizmente, mas acredito em todas as tuas palavras! gente cata-vento não me merece muita atenção. caminho aberto para reeleger Cavaco, sem dúvida. mas pode ser que não! já agora, saúdo também o teu feliz regresso! ainda bem. e um grande abraço

O Guardião disse...

Não tenho ainda opinião formada sobre este candidato nem tão pouco sobre Manuel Alegre que anda demasiado calado (para o meu gosto) relativamente ao clima de desconfiança que pende sobre Sócrates, para o qual contribui uma série de casos muito mal explicados. Cavaco nunca colheu a minha simpatia.
Esperemos por uma clarificação de posições e opiniões.
Cumps

pedro polonio disse...

esqueceste-te de referir o apoio a josé barroso, também conhecido por durão barroso.
& é preciso não esquecer quem está por detrás deste "nobre impoluto": mário soares! vamos ver quem mais de dentro da área do ps vai aparecer a dinamitar a candidatura de manuel alegre...

Nocturna disse...

Tem razão, Pedro Polónio, esqueci-me do apoio a durão barroso. Mas, este rapaz é tão variado e volúvel que é difícil acompanhar o seu ritmo de apoios.
Quanto ao patrocínio da sua candidatura , suponho que nesta altura já não restam dúvidas a qualquer observador atento.
cavaco agradece ...

PedroTavares disse...

http://www.eco-gama.blogspot.com

Este é o projecto que anda a decorrer na minha escola. Precisamos de seguidores, de dinamizá-lo ainda mais. Se puderes apenas segui-lo, agradecíamos imenso! =)

Zoninho disse...

Caríssima, acho que deves ter recebido o email, mas em todo o caso: http://andmyman.blogspot.com/2010/04/diz-que-e-uma-especie-de-desafio.html

abraço e até sábado

Pata Negra disse...

Está em marcha uma candidatura verdadeiramente revolucionária à presidência da república. Para que ela ganhe dimensão pública suficiente para acordar uma democracia, adormecida nos sofás que estão frente às televisões dos portugueses, é necessário que assines e divulgues, por tudo o que é WEB, a petição "Pata Negra à presidência da República" em http://www.ipetitions.com/petition/patanegra/