segunda-feira, 10 de maio de 2010

Um político português

Gosto deste político !

Ouvindo com atenção o discurso do presidente cavaco durante a sessão solene de 25 de Abril, na Assembleia da República, gostei de o ouvir exortando a uma maior produtividade, a uma melhor modernização das empresas e do País . Foi com prazer que o escutei a falar do mar, de como o mar é fonte de riqueza. De como a pesca tem grande tradição em Portugal e dá trabalho a muitos homens , aumentando a riqueza do País.
Nos últimos dias, numa das suas das viagens ( que não são de pré-campanha) o mesmo político chamou uma vez mais a atenção para a necessidade de modernização e aumento de produtividade . Lembrou também (excelente memória) que a produtividade dos portugueses em 2011/2012 será inferior à do ano de 1997 .
Estaremos a ficar mais preguiçosos ?
Grandes palavras as deste político português !
Mas ... ( há sempre um mas) não era este mesmo cavaco e silva o 1ºministro , no tempo em que chegou a Portugal um rio de dinheiro para modernizar o País , formar trabalhadores e preparar o futuro competitivo que se avizinhava ? Para onde foi esse dinheiro ? Engordou bastante mais a conta bancária de alguns amigos, arruinou a agricultura,ajudou a criar bancos privados, que estamos a ver no que deram, apoiou a abertura de Universidades privadas que apenas serviram para uns quando arrecadarem os Fundos Comunitários e vigarizar os portugueses que pagaram altas mensalidades para lá terem os seus filhos.
E a propósito de mar : não foi este político que pagou aos pescadores para abaterem a sua frota, pagando-lhes para deixarem de pescar ?
A produção diminuiu em Portugal . Será porque todos os dias fecham empresas colocando legiões de portugueses no desemprego , aproveitando os empresários para se livrar de trabalhadores com alguns anos de trabalho e empregar pessoas com contratos a prazo e com o ordenado mínimo nacional ? Tudo isto graças aos diversos Códigos do Trabalho que vêm sendo aprovados, cada um pior que outro. Não foi este político sozinho , mas é bom lembrar que os dez anos que governou,são exactamente aqueles em que o dinheiro chegava a rodos a Portugal e que foi tão mal aproveitado.
É ofensivo o despudor com que este político, que já está realmente em campanha eleitoral, se permite discursar. É claro que ele conta com a usual falta de memória dos portugueses que embalados com tão excelentes propósitos em tempos de crise, se prepara para o reeleger.

Por tudo isto já perceberem que que menti no primeiro parágrafo .
De facto eu não gosto deste político. Não gosto, não posso gostar da demagogia como arma para enganar os menos prevenidos
Haja memória !

3 comentários:

pinguim disse...

Primeiro que tudo, parabéns pelo regresso à blogosfera.
Depois, que texto bom, pela ironia inicial(quase me enganavas...), mas com a verdade bem esquematizada no resto do texto.
A mim, nunca me enganou, desde que o tive como assistente, em Económicas, nos anos sessenta...
Beijinho.

Vicktor disse...

Querida Amiga

Permite-me o desabafo: este político é uma autêntica armadilha... os ex-ministros que recebeu são traidores do Povo que labuta...

Beijinhos.

elvira carvalho disse...

Este é o presidente que em tempos de crise gasta com a sua presidência 5 vezes mais do que a Espanha. Este é o politico que recebe 4 chorudas reformas.
Um abraço e parabéns pelo post.