domingo, 3 de maio de 2009

As Provocações já vêm de longe

Georgi Mikhailovich Dimitrov,

(1882-1949): Líder sindical e um dos fundadores do Partido Comunista Búlgaro em 1919. Em 1921 foi eleito para o Comitê Executivo do Comintern. Liderou em 1923 uma fracassada revolta dos trabalhadores brutalmente reprimida pelo governo capitalista. Na ocasião foi condenado à morte mas escapou para a Alemanha. Em 1929 foi eleito para chefiar a secção da Europa Central do Comintern.
Em 1933 foi acusado pelo regime nazista de ter incendiado o prédio do Parlamento Alemão o Reichstag.
Dimitrov fez sua própria defesa e de tal forma enérgica que foi considerado inocente.Tendo ficado praticamente provado que foram os próprios nazis que estiveram na origem do incêndio, como pretexto para perseguir dirigentes comunistas.
Foi então para a União Soviética . Em 1945 com a derrota dos nazistas e a vitória da Revolução na Bulgária, Dimitrov retornou ao país e assumiu o cargo de Primeiro Ministro e em 1946 proclamou a formação da República Popular da Bulgária.

As provocações já vêm de longe , não são nenhuma novidade. As técnicas da vitimização para justificar atitudes menos sérias, para perseguições ou para ou ganhar votos, são antigas e tiveram bons mestres.
O tempo esse , grande escultor,acaba por denunciar todas estas provocações de incipientes alunos, que nem sequer mostram grande inteligência

4 comentários:

pinguim disse...

Tens toda a razão; e aprendi algo aqui que não sabia; não me refiro a Dimitrov, que sei bem quem foi, mas que tinha sido acusado do incêndio do Reichstag.
Obrigado pela partilha.
Beijinho.

Whesley Fagliari dos Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vicktor disse...

Querida Nocturna
Uma excelente memória aqui trazida para melhor avaliarmos as teias da provocação com que despudoradamente se pretende enganar o Povo.
E eram vários os provocadores, embora somente um tenha sido trazido para a ribalta.
O coral da informação vendido ao capital não faltou para apimentar a situação.
Beijinhos.

Jorge P.G disse...

ASSINO POR BAIXO, GOSTOSAMENTE, ESTE TEXTO COM QUE CONCORDO EM ABSOLUTO.
SÓ OS MUITO PARVOS SE PODEM DEIXAR ENGANAR COM A VELHA E RELHA TEORIA DA VITIMIZAÇãO.

SAUDAÇÕES DO SINEIRO.